FARRA DE DIÁRIAS NO SENADO - REMOCIF

REMOCIF

POLITICA E ENTRETENIMENTO


Ultimas Noticias

Publicidade

Post Top Ad

sábado, 27 de julho de 2019

FARRA DE DIÁRIAS NO SENADO

O Ministério Público de Contas da União (MPU) instaurou investigação para apurar a farra na concessão de diárias de viagens de senadores e servidores da Casa. Os parlamentares viajam e recebem valores referentes a cada dia fora do País. Ou seja, os senadores esbaldam-se no exterior e quem paga a conta é o dinheiro público, oriundo do nosso rico dinheirinho, arrecadado por meio do recolhimento dos exorbitantes impostos federais. As despesas feitas nas viagens também são pagas pelo Senado, mediante a simples apresentação de notas fiscais. Somente nos primeiros seis meses deste ano, o Senado já gastou mais de R$ 1,2 milhão com diárias, dos quais R$ 651 mil referentes a 270 viagens de servidores e outros R$ 567 mil gastos com diárias dos próprios senadores.

Campeões

Alguns se destacam como campeões no recebimento desse tipo de mordomia. O senador Jarbas Vasconcelos (MDB-PE) recebeu R$ 26,3 mil por viagem a Doha, no Catar. Ele esteve lá participando de uma reunião interparlamentar, envolvendo políticos da América Latina. Para essa viagem, Jarbas comprou US$ 3,2 mil em espécie e solicitou o reembolso.

No TCU

O senador Telmário Mota (Pros-RR) é outro campeão em diárias. De uma só vez ele recebeu R$ 11.500 por uma viagem feita no dia 28 de maio. O senador Roberto Rocha (PSDB-MA) também não ficou atrás. Este ano ele recebeu diárias no valor de R$ 20 mil. Esses casos já estão no TCU sob análise do ministro Benjamin Zymler.

FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Pages