DF decreta situação de emergência por causa da dengue, febre amarela, zika e chikungunya - REMOCIF

REMOCIF

POLITICA E ENTRETENIMENTO


Ultimas Noticias

Publicidade

Post Top Ad

sábado, 25 de janeiro de 2020

DF decreta situação de emergência por causa da dengue, febre amarela, zika e chikungunya



O risco de doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti fez com que o governador Ibaneis Rocha decretasse situação de emergência na saúde, nesta sexta-feira.

O decreto tem validade de 180 dias em razão dos riscos de doenças como a dengue e a febre amarela, além do vírus da zika e chikungunya.

A situação de emergência autoriza o governo a adotar medidas administrativas para contenção da epidemia, como aquisição de insumos e materiais, além da contratação de serviços emergenciais.


Também fica autorizada a contratação de pessoas, por tempo determinado, para trabalhar no combate ao mosquito. A previsão do GDF é contratar 2 mil e seiscentos profissionais para o combate ao Aedes.

Segundo informações da Secretaria de Saúde, em 2019, 62 pessoas morreram em decorrência da dengue no Distrito Federal. Em 2018, foram apenas 2 óbitos registrados. A febre chikungunya também matou uma pessoa no ano passado.

O número de casos confirmados da zika cresceu 320% em 2019. Já a febre amarela não teve nenhum caso confirmado no ano passado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Pages