GOV. EDISON LOBÃO – Prefeito deita e rola com a casa de leis, FUNDEF foi vetado pelo Prefeitão top das galaxias. - REMOCIF

REMOCIF

POLITICA E ENTRETENIMENTO


Ultimas Noticias

Publicidade

Post Top Ad

quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

GOV. EDISON LOBÃO – Prefeito deita e rola com a casa de leis, FUNDEF foi vetado pelo Prefeitão top das galaxias.

FOTO: Divulgação | Prefeito Geraldo Braga




A câmara municipal de vereadores, precisa tomar um posicionamento mais duro e firme em suas ações, pois o prefeito vetou o projeto do FUNDEF e tira onda com a cara dos profissionais da Educação.

Como se não bastasse os projetos de leis que beneficiaria a população como um todo, agora o prefeito veta os benefícios para os profissionais da EDUCAÇÃO, há um termo perfeito que SE aplica para tal ato do atual gestor, sendo ele “ DITADOR” o atual gestor aparenta ter um trauma com seu intelecto, parece sofrer de algum trauma psicossocial, pois não aceita beneficiar o outro, somente a sí mesmo, satisfazendo seu “EU” , “ EGO” .

Alô Vereadores, tomem alguma providência, Alô presidente, veja tal situação, pois já passou do limite as atrocidades desse prefeito ditador, desequilibrado para com ações que favoreçam a cidade como um todo. De olho no recursos do FUNDEF, prefeito resolveu penalizar os profissionais da educação, no qual o mesmo se diz ser professor e consequentemente, a população, comerciantes entre outros, irão pagar um alto preço por essas atrocidades. Pois o recursos iria girar na cidade, não nas mãos de construtores, agiotas, laranjas, sabe-se lá. São afirmações de vereador em tribuna no ano de 2019, na apresentação do projeto.

É lamentável o desfecho dessa história, pois há décadas, professores sonham com seus proventos restituídos, no qual, por anos foram subtraídos por erros de cálculos do Governo Federal e consequentemente, pelo governo municipal. No entanto, vereadores aprovaram uma lei, na qual irá beneficiar tais profissionais e o ditador vem igual uma navalha , corta o sonho e a esperança desses profissionais e receberem suas restituições, na qual é direito dos profissionais da Educação.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Pages