AÇAILÂNDIA - O Covidão precisa ser investigado pela POLICIA FEDERAL, além do contrato ainda houve aditivo, Prefeitura e Casa do Alivio e Sofrimento. (R$ 1.680.000,00) - REMOCIF

REMOCIF

POLITICA E ENTRETENIMENTO


Ultimas Noticias

Publicidade

Post Top Ad

segunda-feira, 17 de agosto de 2020

AÇAILÂNDIA - O Covidão precisa ser investigado pela POLICIA FEDERAL, além do contrato ainda houve aditivo, Prefeitura e Casa do Alivio e Sofrimento. (R$ 1.680.000,00)

ALÔ POLÍCIA FEDERAL, ALÔ MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, VEJAM ESSES CONTRATOS. 


 


Diante o contrato milionário com uma empresa da cidade de Montes Altos, na qual, já foi alvo de uma ação do Ministério Público. Mesmo assim o PREFEITÃO resolveu arriscar e passar por cima das autoridades.  Segundo o Ministério Público, por meio de diligências, havia algumas incompatibilidades, no qual consta nos autos da diligência realizada pelo órgão ministerial.

 

No oficio 989.2020 – Foi enviado a relação dos funcionários da UTI, na qual foi entregue para o MPMA, isso no dia 11/07/2020, enquanto isso o PREFEITÃO TOP DAS TAPIOCAS, torrando o dinheiro, até aditivo o mesmo realizou mediante esse contrato.

 

No dia 22/06/2020 o Ministério Público realizou a juntada de documentações descrita nos autos; COTNRATO 001, OFICIO OFC-2 OJEACD832020 , NOTA DE EMPENHO EM FAVOR DA CASA ALÍVIO DO SOFRIMENTO.

 

O Inquérito Civil foi instaurado para apreciar o contrato entre as partes, no entanto, cabe o Ministério Público junto a Policia Federal realizar diligências, pois a fonte do recurso é Federal, oriundas para o combate ao COVID-19. Segundo o contrato, o objeto é desde mão de obra, equipamentos entre outros itens supracitados. (Em anexo.).






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Pages